Meu álbum de casamento!

Me belisquem… já vão fazer 5 aninhos que eu casei! O tempo voa! Mas confesso que já vivemos tantas coisas que parece mesmo uma vida!

Semana passada postei umas fotinhas do álbum e decidi fazer esse vídeo mostrando tudinho e contando algumas curiosidades!

Espero que curtam, ainda mais porque o vídeo de hoje marca a nossa volta do Canal do Papo! Então fiquem ligadinhas, vídeo novo toda segunda às 11h!

E-book: “Tinha que ser você”

Esse novo e-book chegou para fazer companhia para o “Três histórias de amor na quarentena”. É aquela história gostosa para deixar o coração quentinho nos dias frios, com um chocolate quente na mão, sabe?

No livro, Elizabeth, se encontra em uma encruzilhada, onde escolher pelo amor não parece ser o certo! Como resolver todas essas questões com seu coração? Será que deixar o amor ir embora seria a melhor escolha?

Vem acompanhar essa história deliciosa no novo e-book: Tinha que ser você!

Espero que o verdadeiro amor lance fora todos os seus medos!

BAIXE GRATUITAMENTE AQUI

Beijinhos

Ju Tescarollo

Lançamento do 3º Livro da Série Manu: Infinitamente Mais

Eu não tô muito feliz não né?

Gente, toda essa história começou como um sonho lá atrás, de escrever uma Série de Livros para as minhas adolescentes, da igreja onde servia. Quando criei esse blog, comecei a disponibilizar para as leitoras, depois de mais de 1.000 visualizações decidi fazer um E-book do primeiro livro, chamado “Um Ano Para Mudar Todos Os Outros”. Ano passado, esse primeiro e o segundo: “Montanha-russa” ganharam sua versão impressa! Fiquei muito feliz!
E agora, para completar ainda mais a minha felicidade, estamos publicando o terceiro, chamado: Infinitamente Mais!

Semana que vem, dia 5 de novembro estará disponível para compra, o livro físico pelo site da Editora e a versão em E-book na plataforma da Amazon!
Espero que esse livro seja abençoador na sua caminhada com Jesus e que ele te incentive a confiar nos planos de Deus que são Infinitamente Mais do que podemos sonhar!

Um beijo grande!
Siga nossos instas para receberem mais notícias – @julianatescarollo e @livroseriesmanu

333 Project | Minimalismo

Chegamos ao último dia dos 3 meses do Desafio Minimalista, Projeto 333.

Para quem não lembra do que se trata e quer conhecer um pouquinho mais sobre esse projeto, é só clicar AQUI!

Tenho que dizer que não foi tão difícil quanto parecia, mas apesar disso, algumas coisas dificultaram para mim!
A primeira foi que as roupas que separei eram mais de meia estação e no meio de novembro fez um frio aqui onde moro que parecia inverno, não tinha roupas para isso, por isso tive que acabar usando algumas coisas a mais, também tive dois casamentos e afins, o que me fez sair um pouco do programado e substituir algumas peças ao longo do caminho.

Dito isso, no geral, por 90 dias usei praticamente os mesmos looks, fazendo combinações diferentes.
Minhas impressões sobre esse desafio minimalista são:

  • Nós não PRECISAMOS de tudo o que temos e nem de tudo que queremos. É possível aprendermos a viver com o NECESSÁRIO.
  • Apostar em um guarda-roupa neutro me facilitou muito as coisas! Primeiro, era bem fácil de fazer combinações. Segundo, eu tinha praticamente uma peça que era marcante (uma camisa de botão listrada preta e branca), de resto era em sua maioria na minha paleta preferida, tons terrosos e preto, então quando usava, geralmente nos mesmos lugares, era confortável saber que talvez não iria parecer que só tinha aquela peça de roupa.
  • A economia de tempo, dinheiro e especialmente de TEMPO de novo rsrs era absurda! Ficava pronta em poucos minutos sabendo que tinha aquelas opções de roupas.
  • Desapego! Esse projeto nos ensina que aquilo que ficou guardado talvez não seja tão importante assim! Ontem retirei as roupas que havia deixado em uma sacola e vi que realmente elas não me fizeram muita falta não… daqui uns dias estarão sendo doadas ou vendidas.
  • Por último, acho que para termos um guarda-roupa cápsula ou minimalista, poucas peças nos basta, porém, elas precisam ser de qualidade. Estou acostumada a comprar roupas baratas (amo um precinho pequeno em “brusinha” rsrs), mas percebi que pelo fato do uso ser mais contínuo, o desgaste da peça também é mais rápido! Se você quiser começar a investir em um guarda-roupa pequeno, mas de qualidade, meu conselho é que ao invés de comprar 5 blusinhas de 20 reais, você compre 2, com o precinho maior, mas de qualidade superior também, que vá durar mais tempo com você!

Fora todos esses adendos, acredito que exista toda aquela história da moda consciente, de saber que estamos usando coisas que não estão acabando com o nosso planeta, e que tem pessoas que estão sendo devidamente remuneradas por aquele produto.

Se você também quiser fazer esse projeto, aproveite os planos de 2021 e coloque na lista, vou deixar dois documentários que tem sido bem importantes para essa mudança de mente que tem acontecido comigo ao longo desses anos!

Entra no meu instagram @julianatescarollo e acompanhe alguns looks possíveis com as 33 peças que usei durante os 3 meses!

Espero que tenham curtido!

Bjinhos
Ju

Ele foi CANCELADO

Pensa no que era moralmente correto e aceito na sociedade da época de Jesus:

– Mulheres pegas em adultério deveriam ser apedrejadas;
– Paralíticos, leprosos e mulheres com hemorragia eram impedidos de viverem em sociedade e literalmente eram intocáveis;
– Coletores de impostos eram a escória da sociedade;
– Mulher em seu quinto casamento tinha que ir ao poço sozinha porque as outras mulheres não queriam ser vistas com ela;

Isso seria o que um bom cidadão da época faria e concordaria com quem tivesse fazendo, mas Jesus não…Ele não era somente cidadão do céu, mas Rei!

Ele disse para que aquele que nunca ouvesse cometido pecado que atirasse a primeira pedra, detalhe, Ele era o único que tinha esse requisito e que poderia apedrejar aquela mulher e não O fez, mas perdoou seus pecados!

Ele tocava os intocáveis!

Ele escolheu os improváveis para serem seus discípulos!

Ele fez questão de se encontrar com a mulher samaritana no poço, para lhe dar água viva!

Por conta de todas essas ações tenho certeza que o Instagram de Jesus estaria bombando de palavras de cancelamento, se Ele escolhesse viver em nossa época, os vídeos que fossem postados a respeito dele teriam milhares de deslikes e os Twittes sobre Ele não poderiam nem ser mencionados aqui!

Ele é exatamente esse Deus que não seria socialmente aceito. Por isso não se enganem com essa ideia sobre Deus que querem nos fazer acreditar, de Alguém que possui somente os atributos que não vão contra aquilo que queremos ser, um Deus que não nos incomoda e é somente amor sem justiça, ou ao contrário!

Jesus não veio para que a sociedade O amasse e O aclamasse como Rei, Ele veio para nos amar incondicionalmente, Ele veio para nos mostrar que “o jeito de viver do céu” não vai ser aceito aqui, como Ele sofreremos, seremos feitos culpados e até criminosos por vivermos do jeito de Jesus… Daniel e José que o digam, os discípulos, João Batista, os reformadores e todos os cristãos que não sabemos os nomes.

Jesus veio para amar sim, mas não é um amor cômodo… não pode ser! Esse amor O levou a cruz e a cruz deve ser o nosso objetivo aqui, carregá-la por amá-Lo!

Dor com fé!

Como é difícil compartilhar a nossa dor com fé e ela fez isso!
Me lembrei do meu processo de 3 anos lutando contra um problema de saúde que pouco compartilhei aqui, poucas pessoas sabem de tudo, tudo mesmo, e essas estão mais próximas a mim!
Mas na busca por respostas, passei por mais de dez profissionais, enfrentei tratamentos tão dolorosos que me causaram muito mais que dor física, me deixaram com as emoções feridas, lidei com estresse extremo, expectativas frustradas e um fundo do poço espiritual que só mesmo Deus para conseguir me resgatar!

No meio desse processo, que foi sem duvida, o pior da minha vida, estive em contato com meu pior lado, o que tem menos fé, o que não conseguia olhar para além da situação, foram tantas lágrimas…

Mesmo assim Deus me encontrou ali, me mostrou coisas que seriam impossíveis de eu perceber de outras formas. Ele permitiu que meu coração quebrasse em pedacinhos e depois Ele reconstruiu, Ele preencheu e fez transbordar!

É difícil ver algo bom quando a dor parece não ter fim, é impossível saber o que nos aguarda no fim daquela estrada se não continuarmos caminhando!
Eu cheguei ao fim, cheguei a estação da cura e não poderia ser mais grata! Mas a bagagem veio cheia, carregada de tudo e tanto que vivemos! Essa foi uma das experiências mais temerosas da minha vida, mas a que me dividiu em duas pessoas completamente diferentes!

Não vou dizer que passaria por tudo de novo, porque ninguém escolhe a dor, mas consigo olhar para trás e entender alguns dos meus “porquês” sendo respondidos, outros continuam sem significados, mas Ele sabe exatamente o que é melhor para mim!
“Mesmo sem entender eu confio em Ti!”
Essa música carrega meu coração em muitas fases desse processo…
“Mesmo sem entender…”

Se você está neste lugar, cheio de dúvidas, medos, incertezas, falta de fé… posso dizer que foi exatamente aí onde Deus me encontrou, me resgatou e tenho a mais absoluta certeza que Ele também está por você!

E-book FREE – “Três histórias de amor na quarentena”

Guriassss, e essa escritorinha aqui que no meio de uma pandemia mundial achou que escrever um romance seria uma boa ideia? hahaha Louca ela né? Sou!

“Três histórias de amor na quarentena” traz a vida a três casais, Gabi e Tomas que moram em São Paulo, Nina e Luca em Bérgamo na Itália e Danielle e Jack em New York, cidades que foram extremamente afetadas pela crise do Covid-19. O que pode acontecer de bom quando somos forçados a viver isolados com aquilo que conquistamos nos últimos anos? Vem viver e se emocionar com o nosso novo E-book!

PS: A todas as seguidoras da Série Manu, essa história é totalmente diferente e não se propõe a ter o mesmo propósito tá bem? Mas preparem o coraçãozinho porque semestre que vem lançaremos o terceiro livro, e gente… tá lindo!

Espero que curtam o E-book!
beijo grande!

TRÊS HISTÓRIAS DE AMOR NA QUARENTENA – Baixe o E-book aqui!

Cuidado com a Projeção!

Muitos casais estão convivendo 24 horas por dia durante essa quarenta. Há quem lide muito bem e há quem já está ficando louco com seu cônjuge.
Faz tempo que eu tento não ser uma pessoa que julga como outras pessoas devam se portar, pq tem muitas coisas que são preferências individuais e não um certo ou errado.
Por isso, esse post não é para apontar dedo em nenhum dos lados, é mais para uma reflexão individual (vou deixar você marcar seu casalzim aqui, mas só se tiver disposta a antes de querer exigir algo do outro, você se reavalie primeiro!).
É tão comum, nessa era da tecnologia nós projetarmos expectativas nas outras pessoas e também sermos influenciador por aquelas projeções que fazem sobre nós.
Um exemplo disso, esse vídeo que acabei de postar! Tenho certeza que se não viesse textão por aqui, muitos avaliariam somente pela imagem que eu quis passar! E fazemos muito isso por aqui… projeção!
Essa projeção é perigosa muitas vezes. Eu já me vi olhando para o meu relacionamento com algumas expectativas que criei por conta de olhar para outros casais e querer que aquilo acontecesse com o meu relacionamento. Isso muitas vezes causa cobrança, frustração e ingratidão! Porque enquanto nos comparamos, deixamos de ver as diversas coisas boas que estão acontecendo, os detalhes que tornam seu marido SEU e de mais ninguém (e para os homens que vão ler depois das suas mulheres te marcarem hahaha vocês já pararam para admirar a sua esposa/namorada/noiva hoje? O que a torna especial pra você? O que ela faz que é só pra você e mais ninguém?). No meio da nossa comparação com outras projeções, de outros casais, famílias, pessoas, nos perdemos… Deixamos de valorizar o que TEMOS!
Nesse processo de criação da Série Manu, é óbvio, é um livro de romance, mas tento oferecer aspectos bem reais, para que as leitoras, desde cedo saibam identificar que a vida real, ela é literalmente REAL… que redundante! Mas é! A vida é cheia de altos e baixos, as coisas não saem sempre como planejamos, a gente se frustra e se surpreende e essa é a beleza da vida, o processo, não necessariamente o final!

Quando vemos um casal de velhinhos andando de mãos dadas depois de seus 60 anos de casados, podem ter certeza que o que fez os dois chegarem até ali sem desgrudar um do outro foi o que eles aprenderam a construir e enxergar durante o processo. Esse processo a gente não expõe na internet porque muitas vezes ele machuca, nos tira da zona de conforto e nos faz sermos pessoas melhores!
Por isso, cuidem com a projeção que outros casais, famílias e pessoas causam em você! Com certeza o processo deles, apesar de diferente, também é cheio de desafios! Depois, VALORIZE… se esforce para que a pessoa que você ama, saiba que é amada por você! Olhe diferente, sorria feito bobo, elogie, beije, abrace e deixe o seu cônjuge saber que ele/ela é a pessoa mais importante da sua vida!

Bjinhos!
Ju.

E-books Série Manu FREE

Oiiii gurias, estamos todos de quarentena devido a esse problema que o mundo inteiro está enfrentando. E visando uma forma de contribuir um pouquinho para que esse seu tempo de isolamento social seja mais agradável, decidi disponibilizar gratuitamente os dois livros da Série Manu, o primeiro “Um Ano Para Mudar Todos Os Outros” e o segundo, “Montanha-russa”.

Espero muito que seja uma benção na sua vida! Se você tiver lendo na quarenta nos ajude a divulgar… use a #SerieManunaQuarentena e marque nossos insta @livroseriemanu e @blogpapodeguria.

Preparem seus corações e os lencinhos! Ahhh e não esqueçam que no final desse ano teremos o lançamento do terceiro livro da Série Manu….seguuuura essa emoção!

BAIXE AQUI o primeiro livro “UM ANO PARA MUDAR TODOS OS OUTROS”

BAIXE AQUI o segundo livro “MONTANHA-RUSSA”