Moda Guria | Tairine Corina

Olá gurias, como estão? E o finde de vocês, tudo certinho?

Vocês tem gostado dos posts sobre moda? Me dêem dicas de temas, textos ou conteúdos para os posts. Quero uma interação maior com vocês!

Vamos lá

Quem somos nós debaixo de toda a maquiagem, acessórios e marcas?

Sabemos o quão sem valor se torna a vaidade diante daquilo que realmente somos, diante daquilo que o Senhor nos transformou. A vaidade não tem valor para nos auxiliar na nossa caminhada cristã, nesse caso pode ser até uma distração para nossos propósitos. No primeiro post falei sobre nos vestirmos corretamente, mediante os padrões bíblicos. Nesse post, não me contradizendo, mas quero que você tire toda a vestimenta que não te faz verdadeira diante do mundo, diante de Deus. Em alguns momentos de nossas vidas passamos uma maquiagem forte para “tampar” nossos erros, ao invés de passarmos um demaquilante para limpar aquilo que nos atrapalha, e que nos deixa sujas. Às vezes, nos cobrimos para que ninguém veja a nossa dor, ou colocamos algo de grande valor terreno em nossos trajes para cobrir o quão pobre estamos das coisas celestiais. É diante de vestimentas e utensílios falsos que devemos escolher a Verdade. Sermos verdadeiras com nossos erros, frustrações e dores, não só diante dos homens mas perante o Senhor que nos conhece, mesmo se estivermos fantasiadas.

Estando nessa Terra somos seres com falhas, que erram e que se machucam as vezes. Ainda não somos seres celestiais, somos dependentes do Senhor, e o mundo quer ver a verdadeira natureza de cada um de nós, e precisam ver que a nossa escolha em estar Nele muda as circunstâncias que nos cercam. Não podemos nos tampar, mas podemos deixar que o Senhor nos transforme (acho que o bom gosto e bondade Dele funcionam melhor que nós para esses casos).

Vamos nos deixar ser a cada dia transformadas por Ele, sem vaidade para cobrir algum erro, apenas misericórdia e graça, nos perdoando e transformando positivamente.

Música que transmite uma ideia legal sobre tudo que escrevi:

Não devemos nos tampar, mas podemos deixar que o Senhor nos transforme!

Por Tairine Corina

Moda Guria | Tairine Corina

Olá gurias, como estão?

Estive lendo esse devocional um dia desses e achei interessante para compartilhar com vocês. Espero que gostem! Vamos lá?

As Escrituras às vezes descrevem nosso comportamento como roupas que usamos. Em 1 Pedro 5:5, Pedro nos exorta a “nos vestir de humildade”. Davi se refere a pessoas más que se vestem “com maldição”. Roupas podem simbolizar caráter, e como Sua vestimenta, o caráter de Jesus era sem emendas. O caráter de Jesus era como um pano sem emenda, tecido do céu para a Terra – dos pensamentos de Deus para as ações de Jesus. Das lágrimas de Deus, para a compaixão de Jesus. Da palavra de Deus para a resposta de Jesus. Tudo era uma peça só. Uma imagem do caráter de Jesus.

Mas quando Cristo foi pregado na cruz, Ele despiu seu manto de perfeição e tomou uma vestimenta diferente, a vestimenta de indignidade. Ele vestiu nosso pecado para que pudéssemos vestir Sua justiça. Gálatas 3:27 diz, “pois os que em Cristo foram batizados, de Cristo se revestiram”.

Ele deixou você usar as roupas dEle para que você ficasse corretamente vestido. Ele fez isso – só pra você!

Max Lucado

Meninas, o quão profundo se torna essa atitude por nós? Imerecida vestimenta de justiça, imerecida graça. Saber que essas vestimentas foram planejadas pelo Senhor e que Ele teve preocupação até nisso para que nossas vidas tenham uma direção correta, que é permanecer Nele, nossa atitude é de reverência e grande gratidão, melhor é saber que um dia teremos nossas vestes trocadas por Ele lá no céu. Talvez a nossa ambição deva ser por essa vestimenta especial não é?

Gurias, que possamos manter nossos pés fixos no caminho Dele. Afinal, com Ele teremos o nosso guarda roupa completo. Espero que vocês entendam o que estou querendo dizer, que com Jesus a nossa roupa espiritual tem que ser mantida intacta, precisamos ter zelo, precisamos ser como noivas esperando o Seu noivo, mantendo nossa humildade, caráter, santidade. Foi Ele que nos ajudou a ser assim, não foi? Foi pensando Nele que nos preparamos para encontrá-lo, e é assim que devemos continuar, motivadas para o dia de nosso encontro.

Como está sua roupa hoje?

Até semana que vem ❤

post tai3

Moda Guria | Por Tairine Corina

Olá gurias, como estão?

É um prazer e uma alegria enorme fazer parte desse ministério!Que possamos crescer juntas a cada dia, a cada palavra e a cada oração. Vamos lá? As colunas que eu vou fazer aqui no Papo de Guria serão colunas relacionadas à moda/criatividade e vestimentas no âmbito cristão.

E com isso espero , poder ajudar ao máximo no crescimento espiritual e pessoal de vocês, e quero vocês me ajudando também ok? Assumo que foram algumas tentativas até chegar nesse texto, mas acho que consegui. Como vamos tratar muito de questões atuais como ‘modismos’ e ‘tendências’ precisamos entender algumas coisas. Primeiramente, o que é moda? A palavra moda, vem do latim ‘’modus’’ que significa ‘’modo’’,’’maneira’’. O conceito de moda apareceu no final da Idade Média. A aproximação das pessoas e o relacionamento que era criado entre elas trouxe o desejo de imitar. Enriquecidos pelo comércio, os burgueses passaram a copiar as roupas dos nobres, alguns passaram a querer ser um nobre. Porém, a vestimenta apareceu bem antes disso, num caso que todos nós conhecemos, a queda do homem, lá no jardim. Adão e Eva conheceram a diferença entre o bem e o mal, e ficaram envergonhados. Com a necessidade de ‘cobrir’ sua vergonha fizeram uma espécie de embrulho, ou podemos considerar roupa? Os olhos dos dois se abriram, e perceberam que estavam nus; então juntaram folhas de figueira para cobrir-se

Gênesis 3:7 Essa vestimenta criada por eles poderia ter dado certo, mas isso não aconteceu, então Deus fez algo digno a seus filhos – vestimentas de pele para Adão e Eva. O Senhor Deus fez roupas de pele e com elas vestiu Adão e sua mulher.

Gênesis 3:21 Podemos entender que Deus se preocupou com a maneira que iriam se apresentar um ao outro, Deus os ‘vestiu’ não apenas cobriu algumas partes. Deus ainda é o mesmo, se preocupa com a maneira que você se apresenta diante da sociedade, se você faz parte do reino Dele deve refletir isso. Temos muitas passagens na Bíblia que indica que o povo de Deus se vestia de modo diferente, por ser um grupo que precisava representar quem eram no meio do povo. Não é necessário andar de burca, ou de túnica como Jesus, mas o pudor é necessário acompanhe o pensamento de Paulo. Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos, Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras.

1 Timóteo 2:9-10 O mundo hoje já não está preocupado em ser recatado, as mulheres amam mostrar o que tem, os homens quando atingem centímetros a mais em seus músculos querem deixa-los a mostra. A moda determina as roupas que apelam pela carnalidade, infelizmente a maioria delas, marcar suas curvas é uma das características mais vistas nas roupas durante os últimos anos. Lembrem-se de algo, Deus é vintage e nós precisamos ser também (hahaha).Opel-Kapitän `51

As vezes os blogs, as revistas e a mídia vão nos dizer pra usar/comprar aquilo que mais tem sido usado hoje, ou querer se adiantar em tendências que serão lançadas no Brasil amanhã. Não caia nessa!! Volte alguns capítulos, leia Deus vestindo Adão e Eva, leia Pedro, leia Paulo!! Entenda o padrão de Deus sobre como devemos nos vestir e nos portar, essa é a dica mais infalível que posso passar pra vocês a respeito de estilo. Sei que vivemos no mundo, e sei que já estamos acostumados com decotes e roupas mini, mas será que há pudor nisso? Que tudo em nós reflita o caráter de Cristo, dos pés a cabeça. Que sejamos parte Dele em tudo, refletindo aquilo que vem Dele.

post tai3

Por Tairine Corina