SOBRE ESCOLHER QUALQUER UM…

Enquanto eu esperava pelo homem com quem me casaria, talvez tive que ouvir que estava escolhendo demais e pode ter até tido gente que pensou que ficaria para titia.
Mas pera aí, quem é que vai ter que conviver com minha escolha até a morte? Eu! Então me deixem Rsrs e me deixaram até que no momento que tinha que ser esse homem lindo, de bom humor e olhos verdes apareceu para mim e agarrei as mãos nele viu meninas? Rsrs Também não é para esperar o céu abrir e apontar que é ele.
É ele porque ele tem caráter cristão, é ele porque ele me respeita, é ele porque temos planos de servir a Deus juntos, é ele e sou eu porque escolhemos debaixo daquilo que o Senhor pré-determinou, seu padrão bíblico, nossa liderança, e é claro aquele sentimento bom de estar ao lado de quem se ama (viu que sentimento não veio em primeiro lugar né? Porque quem vive pelo que o coração manda é burro!).
Mas vamos voltar ao assunto, pode tá chegando os 25, 26, 29 ou 30 e você já está pensando na possibilidade de dar bola para aquele cara do seu trabalho ou faculdade que está te chamando para sair, “ah Deus eu esperei, o Senhor viu mas cansei” você pensa, como uma forma de desculpa para a sua própria mente. E você ainda tem esperanças de que no final ele se converta e se torne um homem de Deus e blá blá blá ( tipo aquelas pessoas que usam a exceção como regra e dão com a cara no vidro).
Você começa a compará-lo com rapazes da igreja e não acha tão ruim assim, na verdade tem áreas que ele até supera viu!
Então vai lá… Case! Acorde todos os dias ao lado de um cara que não ama a Deus, que não conhece a verdadeira fonte do amor. Case! E vá dormir ao lado de alguém que durante o dia não teve nenhum encontro com o Senhor. Case! E veja como é viver com alguém que não entende o verdadeiro perdão porque Ele não foi perdoado por Cristo. Case! E experimente como é ver todos os seus esforços indo pelo ralo abaixo quando você tenta educar seus filhos para serem homens de Deus mas o pai deles só quer ter certeza de que eles serão homens, não importa se deve levá-los a lugares indevidos, deixá-los ver coisas proibidas e andarem com amigos duvidosos. Case! Com alguém que por não entender o compromisso que ele primeiramente tem com Deus pode desonrar você, machuca-la tão profundamente que será difícil, mas não impossível, sarar…

NÃO CASE com qualquer um… É uma das decisões mais importantes da sua vida, não permite que ela seja feita por seu coração enganoso e nem porque você está em uma fase da vida cansada demais para esperar… NÃO CASE, melhor ser solteira e feliz com Cristo, do que casada com alguém que não amará você como Cristo amou a igreja e se entregou por ela… Larga de ser carente e supra suas necessidades em Deus, Ele é o único capaz de preencher seus vazios, coisa que nem o melhor homem do mundo pode fazer!

Casamento…

É um perigo vc pensar que vai casar com um príncipe encantado, ou no caso dos meninos, uma princesa da Disney. Que sempre vão acordar bem arrumados e de bom humor, que o viveram felizes para sempre começa depois do “sim” mágico no altar…
Não é assim que funciona!
Casamento é difícil, para alguns as adaptações do início, o lidar com as diferenças parece o mais difícil, para nós acredito que foram aqueles momentos na alegria ou na tristeza e na saúde ou na doença que Deus quis levar bem a sério para nos moldar nesse início!
Vocês acompanharam um pouco do nosso primeiro ano…
Mas lembram daquele “sim” que parecia mágico no altar? Magia nenhuma tem nele mas ele é poderoso… porque amar não é dizer sim somente nos momentos em que vocês vão dormir abraçados a noite, ou que no fim do mês tem sempre dinheiro sobrando, amar não é somente quando estamos doando saúde ou quando acordamos todos os dias com o coração leve e feliz!
O verdadeiro amor é forjado quando escolhemos “sim” estar ao lado da pessoa que amamos quando ela está doente, precisando de nós e mesmo quando ela não pode dar nada em troca, amar é aceitar receber uma flor recolhida no jardim da rua ao invés de exigir um buquê de flores quando vc não tem condições para isso, amar é aceitar as limitações um do outro e saber caminhar com amor, ajudando cada a dia a ser melhor, amar é perdoar… E perdão sim… Tem uma mágica… Eu diria uma mágica Divina (se é que isso existe) mas por escolher o perdão Deus opera milagres. Amar é permanecer.
Casamento não é mágica, é vida real, é uma escola onde aprendemos a sermos melhores, amar inteiramente é somente possível quando a fonte do nosso amor está naquEle que é o próprio amor… Nosso Deus. Casar é uma escolha que deve ser eterna, e é onde o verdadeiro amor tem as condições de florescer!

“Eu escolho vc pra sempre Di!”

we