Tá tudo bem quando não está tudo bem!

Como assim Ju? Tá tendo um surto de ambiguidade?
Não! Sabe o que é gurias… vivemos em uma era “digital” onde todos sempre estão bem, podemos ver isso nos melhores ângulos das fotos, das rotinas recheadas de aventuras, viagens e coisas interessantes nos “stories”, das opiniões completamente bem formadas dos textões do facebook, daquela igreja sadia e cheia que posta seus cultos online, temos meninas que sem esforço algum tem um corpo escultural, há também as mães perfeitas que sempre acertaram e que seus filhos dormem bem a noite inteira e o que dizer dos casais apaixonados? Nunca brigam, nunca discordam e estão sempre cheios de amor pra dar.

Pode ser desesperador quando comparamos essa realidade que vendem pra gente com a nossa própria vida. Gente eu sou cheia de medos, erros, tem dias que minha vida é uma mesmice, eu gosto de cozinhar e cuidar da minha casa mas não é todo dia que tenho disposição, cozinho bem e também mal, eu e o Di discordamos, passamos muitas dificuldades, há dias que estou no culto na igreja mas infelizmente não presto atenção naquilo que Deus tem para falar, sou cheia de celulite e o que dizer do resto, ainda não sou mãe, mas é o cúmulo uma mãe postar algo sobre seus filhos e ter que ficar dando explicações, mas infelizmente esse é o mundo tão perfeito e irreal que criamos e aí quando ficamos tristes, temos problemas e afins queremos esconder de todo mundo porque afinal parece que a vida de todo mundo anda pra frente e só a sua (e a minha) que não!

Por isso eu quero que você encontre um certo consolo aqui e saiba que “tá tudo bem quando não está tudo bem”, Deus nunca prometeu a nós um caminho fácil, essa não é em nenhum momento a proposta do verdadeiro evangelho. Pelo contrário o Senhor Jesus nos adverte que no mundo teríamos aflições mas que era para termos bom ânimo porque Ele já venceu o mundo (Jo 16:33).
Tá tudo bem porque quando enfrentamos problemas e aflições, tempos difíceis e de deserto, a nossa fé é provada e produz esperança (Tg 1:2-4).
Tá tudo bem quando você está passando dificuldades no seu casamento, ou nos sonhos que você planejou e parecem fracassar, quando parece que você não vai dar conta de educar seus filhos, tá tudo bem porque são nesses momentos em que nos vemos incapazes que somos levados a depender daquEle a quem a gente nunca deveria largar a mão e tentar caminhar sozinho.
Tá tudo bem quando você se sente triste porque você é humana e ao contrário do que o mundo aparenta, ninguém é perfeito e ninguém está feliz o tempo todo.
Tá tudo bem quando você erra, não porque é certo errar e pecar, mas porque entender quem nós somos, entender o perdão de Deus, e Sua graça nos liberta de vivermos aprisionados em uma “religião judaizante” que observa leis mas que seu coração está bem longe do Criador.

Respira… porque tá tudo bem! Você não é a única a se sentir assim, e ao contrário do que possa parecer Deus também não está alheio ao que você tem passado e sentido.

Tá tudo bem quando não está tudo bem porque mesmo nesses dias nós temos um Deus de amor que está cuidando de cada detalhe da sua vida, um Deus que tem planos de paz, um Deus que é Soberano mesmo quando Seus planos parecem obscuros a nós.
Eu não vou mentir, as vezes é difícil para mim… simplesmente crer, mas A Quem iremos? Só Ele tem as palavras de vida eterna! (Jo 6.68).

 

Para Pais e Mães…

Essa semana comecei a fazer devocional no livro de Samuel, um texto me chamou atenção, 1Samuel 2:29: “Por que honra seus filhos mais que a mim?” Deus pergunta para Eli, porque seus filhos eram sacerdotes mas faziam aquilo que o Senhor não agradava, Eli não se posicionou CONTRA seus filhos!

Fui professora de culto infantil por muitos anos, ainda sou, já fui estagiária de pedagogia em escolas e hoje o que a gente vê demais nesse meio é a Idolatria dos pais aos filhos.
Na minha infância o professor ainda poderia reclamar de mim, me “punir”, ou me dar notas baixas se assim eu fizesse por merecer, hoje em dia? Vai um professor falar contra o filhinho da mamãe, o professor que está errado!

Não só isso, mas penso nos pais dentro das igrejas que não reconhecem os pecados de seus filhos, que passam a mão na cabeça e não abençoam, nem apoiam a liderança da Igreja quando essa precisaria disciplinar seus filhos… não façam vista grossa para o pecado de seus filhos, porque Deus também hoje pode perguntar para você: “Por que honra seus filhos mais que a mim?”
Ainda vou ser mãe, mas já fui filha e posso louvar a Deus por ter tido pais que me disciplinaram e me corrigiram!
Pais parem de ser servos de seus filhos, parem de querer compensar o tempo que vocês passam longe deles com presentes e “moleza” na hora de liderarem eles, se Deus deu a vocês esse ministério cumpram-no para glorificar ao Senhor, não a si mesmos e muito menos a eles!

SOBRE ESCOLHER QUALQUER UM…

Enquanto eu esperava pelo homem com quem me casaria, talvez tive que ouvir que estava escolhendo demais e pode ter até tido gente que pensou que ficaria para titia.
Mas pera aí, quem é que vai ter que conviver com minha escolha até a morte? Eu! Então me deixem Rsrs e me deixaram até que no momento que tinha que ser esse homem lindo, de bom humor e olhos verdes apareceu para mim e agarrei as mãos nele viu meninas? Rsrs Também não é para esperar o céu abrir e apontar que é ele.
É ele porque ele tem caráter cristão, é ele porque ele me respeita, é ele porque temos planos de servir a Deus juntos, é ele e sou eu porque escolhemos debaixo daquilo que o Senhor pré-determinou, seu padrão bíblico, nossa liderança, e é claro aquele sentimento bom de estar ao lado de quem se ama (viu que sentimento não veio em primeiro lugar né? Porque quem vive pelo que o coração manda é burro!).
Mas vamos voltar ao assunto, pode tá chegando os 25, 26, 29 ou 30 e você já está pensando na possibilidade de dar bola para aquele cara do seu trabalho ou faculdade que está te chamando para sair, “ah Deus eu esperei, o Senhor viu mas cansei” você pensa, como uma forma de desculpa para a sua própria mente. E você ainda tem esperanças de que no final ele se converta e se torne um homem de Deus e blá blá blá ( tipo aquelas pessoas que usam a exceção como regra e dão com a cara no vidro).
Você começa a compará-lo com rapazes da igreja e não acha tão ruim assim, na verdade tem áreas que ele até supera viu!
Então vai lá… Case! Acorde todos os dias ao lado de um cara que não ama a Deus, que não conhece a verdadeira fonte do amor. Case! E vá dormir ao lado de alguém que durante o dia não teve nenhum encontro com o Senhor. Case! E veja como é viver com alguém que não entende o verdadeiro perdão porque Ele não foi perdoado por Cristo. Case! E experimente como é ver todos os seus esforços indo pelo ralo abaixo quando você tenta educar seus filhos para serem homens de Deus mas o pai deles só quer ter certeza de que eles serão homens, não importa se deve levá-los a lugares indevidos, deixá-los ver coisas proibidas e andarem com amigos duvidosos. Case! Com alguém que por não entender o compromisso que ele primeiramente tem com Deus pode desonrar você, machuca-la tão profundamente que será difícil, mas não impossível, sarar…

NÃO CASE com qualquer um… É uma das decisões mais importantes da sua vida, não permite que ela seja feita por seu coração enganoso e nem porque você está em uma fase da vida cansada demais para esperar… NÃO CASE, melhor ser solteira e feliz com Cristo, do que casada com alguém que não amará você como Cristo amou a igreja e se entregou por ela… Larga de ser carente e supra suas necessidades em Deus, Ele é o único capaz de preencher seus vazios, coisa que nem o melhor homem do mundo pode fazer!

Cristãos, não desencorajem o casamento!

no-marriage

Que casal de noivos nunca ouviu… “você vai casar? Mas tão nova, aproveita mais a vida!” ou “calma terão muito tempo para ficar juntos”, “pensa bem porque não tem volta hein, se eu pudesse voltar no tempo!”, “Vixe, boa sorte!”. Talvez você não ouviu algumas dessas expressões mas já foi tremendamente desencorajada a casar, a pior coisa é que muitas vezes esses desencorajamentos partem de casais cristãos.
Você me pergunta… “por quê você acha que casal cristão não passa sufoco?” Sim! Eu sei que passa, mas vocês mais do que qualquer casal deveriam estar encorajando o casamento, a família que desde o princípio foi plano de Deus.

Escuta, estou prestes a “subir ao altar” e entregar meu coração para o homem que escolhi amar, eu não estou casando enganada. Sei que não serão mares de rosas para sempre, mas estou casando para passar junto com ele as tempestades da vida, sei que não concordaremos em tudo (isso já não acontece), mas estou casando para aprender a dividir uma nova visão da vida, vamos nos chatear as vezes ou muitas vezes? Sim! Mas isso é amar, decidir ficar juntos mesmo diante de todas as dificuldades, isso é parte do casamento que nos faz sermos cada vez mais parecidos com Cristo!

Não quero chegar a 15, 25 ou 50 anos de casada e desencorajar aos novos casais, lhes dizer que essa não é a melhor escolha, eu quero que mesmo diante das dificuldades do casamento eu possa chegar lá na frente e dizer “casem-se!”. “se é realmente a pessoa  que ama a Cristo e vai amar você, que vai se comprometer com Deus e com a sua família, case sim!”.
Claro que guardo muitas ressalvas do porquê um casal não deveria se casar, talvez idade, planejamento financeiro, vida de pecado, falhas de caráter no cônjuge, entre muitos outros motivos, isso tudo está na balança da decisão, mas aqui refiro-me a casais que tem todas essas questões muito bem resolvidas com Deus, seus pais e líderes e mesmo assim são desencorajados.

Por isso casais cristãos que já experimentam esse plano de Deus para suas vidas, por favor, parem de desencorajar… tudo bem mostrar a realidade como ela é, está certo! Porque afinal devemos entrar no casamento sabendo racionalmente com o que vamos lidar. Mas encoraje, diga que vai ser difícil mas que foi uma das melhores decisões da sua vida, que há momentos tão alegres e que você tem alguém que te ama profundamente mesmo conhecendo tudo sobre você. Diga que as diferenças um do outro estão ajudando a moldar o seu caráter para que você se conforme a imagem de Cristo, então significa que o plano está acontecendo perfeitamente, não como a Disney conta mas como o Senhor planejou… transformar seu coração e torná-la cada vez mais perfeita em Cristo!

Por favor casais, vocês que já conhecem o outro lado, nos ajudem! Sejam exemplos para nós, de que em um mundo onde valores cristãos estão totalmente desacreditados, mesmo assim é possível ter uma família que espelhe e espalhe a glória de Deus, não perfeitamente e nem sem falhas, mas que lutam para isso! Que buscam a graça e o amor de Deus para permanecer em seus casamentos com um amor cada vez mais profundo um pelo outro.

Graças a Deus tive uma referência maravilhosa de casamento dentro de casa, através dos meus pais, e também de ouvir exemplos de casais que encorajam e dizem o quanto é bom estar casados. Eu também quero ser uma dessas pessoas que encorajam os jovens casais a se engajarem nessa jornada cheia de altos e baixos, mas cheia de dependência de Cristo para viver a cada dia amando aquela escolha que um dia você fez no altar!

De uma futura esposa…

 

MEU AMIGO SECRETO

Não advogando no caso da PL do Aborto e muito menos concordando com um governante desrespeitado como Eduardo Cunha, mas a todas as cristãs que estão participando da hashtag ‪#‎meuamigosecreto‬ sei que muitas estão se posicionando para chamar atenção as situações machistas que muitas mulheres enfrentam! Porém, entendam, esse movimento começou com mulheres que estão lutando CONTRA a PL que protege a vida de um bebê, mulheres a favor do aborto! Uma das ativistas presentes no protesto responde em liberdade na justiça por fazer parte de grupos violentos nos protestos.
Sei que o mundo não é perfeito e devemos lutar para que haja a igualdade de amor e oportunidade para todas as criaturas de Deus, cada uma nos papéis que o Senhor nos criou para representarmos, mas as vezes nos engajamos em lutas que não fazemos ideia das pessoas que estão por trás, nem a que causa estamos apoiando com negligência! Sejamos sábias mulheres cristãs!